02 abril 2008

01 abril 2008

A tristeza das cidades





Nossa tristeza é a das cidades.
Perdemos a harmonia dos reinos,
das espécies,
a primazia da sabedoria.
A tristeza das cidades
construímos,
com a devoção das traças e dos cupins.

A BALA



a bala
o confeito
o açúcar
cumprem o mesmo feito
ternificar a dor
que não tem jeito.