18 outubro 2011

VIVÊNCIAS DESPEDAÇADAS

 

Vivências

intensas

despedaçadas

excessivas em

cotidiano

evocam-me carência

de interioridade, retiro, reclusão.

Exaurido emudeço.

Reflexivo,

torno-me palavra

e o sonho que a antecede.

 

Waldir Pedrosa Amorim

16 outubro 2011

PERSIGNO

 
Não são teus olhos
mel, amêndoas sedutoras.
Teu corpo
que veste.
Teu sexo
que sotranca.
São as fímbrias
da convivência
atando esmeros.


Waldir Pedrosa Amorim