03 julho 2012

Amor Alado

Um beija-flor alado

 

Um beija-flor
visitando uma pequenina flor
se apossa do néctar
dos seus lábios devotados
e suga-lhe e esvazia-lhe
e num instante sem néctar
retorna a um outro beijo
coisa preciosa, diversa.

autor: Waldir Pedrosa Amorim

Nenhum comentário: